Accueil
 
 
 
 

Brasil : Agora mais do que nunca ao lado dos progressistas e dos democratas brasileiros.

É uma situação extramente preocupante que vive o Brasil com o resultado das eleições presipresidenciais com a eleição  de Jair Bolsonaro (55% dos votos contra 45% para Fernando Haddad do Partido dos trabalhadores).

Foi eleito  um homen que quer dividir o pais, pois Bolsanero fala das «minorias que tem que se curvar para as maiorias». Para o novo presidente eleito, as minorias são os negros,as mulheres,a comunidade LGBT,esquerdistas, os indios,os membros do Movimento dos Sem Terra , os camponeses, os jornalistas etc.

Na sequência do golpe de estado que destitui a legitima Dilma Roussef e da prisão arbitrária e do impedimento da candidatura de Lula da Silva (contrariamente às recomendações da ONU) esta eleição é representa um gravissimo desenvolvimento da ofensiva conta o povo brasileiro e as instituções.

Depois dos Estados Unidos, paises na  Europa do Leste, as Filipinas , a chegada do Jair Bolsanero com sua nostalgia da ditadura  marca de novo o desenvolvimento preocupante da extrema direita ao nivel mondial.

Desde dos resultados oficiais, não se acaba os mensagens de felicitação dos neoliberais latino-americanos e do mundo ocidental  (Trump e Marine Le Pen sobretudo). E por causa de uma visão politica que quer sempre usar a policia militar para gerir os problemas de delinquência,um programa econónomico neoliberal que se subordina ans desejos  dos grandes grupos financieiros . Um programa de intensificação da exploração e ataque dos direitos socias,uma independencia do Banco Central, fim do programa de alafabetização, fim das ajudas nas zonas rurais «porque é muito caro». Um programa de abdicação da soberania nacional para os grupos económicos financieros e latifúndios .

Prometendo «limpar o Brasil dos marginais vermelhos» é uma abressão às liberdades e à democracia, é a promoção de valores profudamente reaccionário e de imposição de um poder fascista autoritario e arbitrario no Brasil.

Denunciamos a resposabilidade da comunidade international e especialmente da comunidade  europeia  que sempre querem ser a chama da liberdade mais que ficam silenciosos no caso do Brasil. Para além do Brasil esta eleição representa um risco gravissimo para a estabilidade  de esta região onde as forças reaccionárias progresseram,mais também um risco ao nivel mondial.

Como disse Fernando Haddad a forças progressistas são unidas et juntos. O Partido Comunista Francês sera sempre ao lado dos progressistas e democratas. O Partido Comunista Francês apela ao fortalecimento da solidaridade com o povo brasileiro contra a ameaça fascista, e para retomar o caminho do progresso social  e de paz e de progresso humano. Para isso precisamos uma solidaridade para aprofundar o caminho da liberdade, da justicia social, da democracia e defesa do meio ambiente.

Partido comunista francês
29 de outubro 2018

Il y a actuellement 0 réactions

Vous devez vous identifier ou créer un compte pour écrire des commentaires.